Carrion Crown

Capítulo 7 - A Viúva Aprisionada

12 de Pharast – 4711
Local: Harrowstone

Continuando a exploração, o grupo chega ao depósito do presídio, onde encontraram diversos itens e, em um armário oculto, os itens pessoais dos fantasmas mais perigosos: um punha de símbolos sagrados, uma machadinha encantada, uma flauta de prata, um grimório puído e um martelo de ferreiro. Os itens são divididos entre os membros da exploração.

Pouco depois, o grupo chegou à entrada do lugar e lá eles encontraram marcas de inscritos, que Kadija e Kendra descobriram que seriam de um ritual para capturar a alma do diretor Hawkran. Kadija concluiu que a ausência do diretor deve ter causado esse desequilíbrio, e, se os desmortos ainda não saíram do lugar, deve-se ao fato de não estarem de posse dos itens.

Durante a exploração, a dhampir escutou um grito de dor de uma mulher. O grupo chegou aos alojamentos dos guardas, onde Darius e Kendra encontraram alguns documentos. O casal abriu o livro do Professor Ensanguentado, e Kendra relatou, assustada, que o tomo parecia ter absorvido suas magias, e o nome dos dois aparecia continuamente nas páginas. Darius fechou o livro e atou fogo, e a queima soltou uma fumaça terrível, que deixou Darius sem ar brevemente.

Kadija trocou algumas palavras com a maga, acalmando-a. O grupo dirigiu-se ao escritório do diretor, onde encontraram alguns documentos e um cofre, que após muitas tentativas, foi arrombado por Darius e Yoric. Seu conteúdo incluía moedas de ouro e várias poções.

O grupo seguiu com a exploração, chegando a uma grande sala de formato vagamente triangular, e entraram em outro aposento menor, onde havia algumas prateleiras e um pequeno altar da Pharasma. Lá eles recolheram alguns itens antes de voltar à exploração. Com as águas bentas adicionais, Darius resolveu utilizá-las para neutralizar a assombração que trancava as portas da anti-sala próxima à entrada da prisão.

De volta à sala ampla, o grupo chegou a um aposento onde se podia ver o pátio onde as execuções aconteciam. O lugar começa então a ganhar vida, e as algemas, grilhões e ferros de lareira números de prisioneiros avançam contra os intrusos. Kadija e Kendra rapidamente fizeram uso dos haunting siphons, mas antes de serem destruídos, um dos atingiu a dhampir, marcando-a com um “8”.

A sala seguinte revelou-se uma oficina cheia de instrumentos de carpintaria e afins. Lá encontram o fantasma de Vesorianna. Ela contou detalhes sobre o incêndio, e afirmou que os homens d’ O Caminho Sussurrante – “os homens de robe negro” – estiveram por lá e levaram o seu marido. Ela pediu que os personagens trouxessem a insígnia de autoridade do marido, e assim ela poderia impedir que as almas do lugar fugissem ou atacassem a cidade.

O grupo continuou a exploração, mas Kendra e Kadija encontravam-se muito abaladas. Como todo o térreo já explorado, os aventureiros decidem rumar para o nível superior.

No andar superior, o grupo encontrou um ninho do que descobriram ser filhotes de stirges. Encontraram a cozinha e algumas celas habitadas por esqueletos inanimados. Num móvel utilizado pelos guardas havia gavetas e nestas Darius encontrou alguns papéis, entre eles um mapa razoavelmente preciso do andar. Uma dalas estava marcada com a palavra “Padre”.

Os personagens resolveram ir à sala marcada por último, após explorarem o resto do andar. Enquanto andavam pelas celas, Darius e Yoric ouviram o som de uma flauta.

Seguiu-se o combate com esqueletos e a aparição do Flautista. A batalha com os esqueletos já estava difícil, pois eles explodiam em chamas quando derrotados; além disso, ao som de flauta produzido pela aparição, stirges avançavam sobre os aventureiros – embora as criaturas parecessem evitar atacar Darius. Superando as dificuldades, o grupo derrotou a aparição e em seguida os esqueletos explodiram, deixando todos inconscientes.

Algum tempo depois, Kadija levantou-se desorientada e viu o sacerdote Grimburrow, e ele canalizou energia negativa, curando a espadachim e ferindo os demais. Ela avançou contra o sacerdote, tentando arrancar-lhe o símbolo sagrado, e ao tocá-lo, ele saiu correndo. Após ajudar os outros, Kadija e os demais foram atrás do padre.

O combate foi rápido: a dhampir avançou usando a machadinha encantada do Lenhador, e a arma surpreendentemente interagiiu com o desmorto. Darius usou um frasco de água benta e Yoric usou uma das flechas encantadas. O morto-vivo foi destruído, e os personagens resolveram voltar a Ravengro.

Chegaram à cidade na primeira hora da manhã e a encontraram em caos. Diversos bonecos das crianças estavam animados e atacando as pessoas. O xerife e outras pessoas conseguiram, com a ajuda dos heróis, deter a ameaça. Como uma boa parte dos brinquedos tinham vendidos pelo jovem Flan Muricar, as pessoas o acusaram de usar algum feitiço para encantar os objetos. Desse modo, o rapaz foi levado para prestar explicações.

Comments

Italo

I'm sorry, but we no longer support this web browser. Please upgrade your browser or install Chrome or Firefox to enjoy the full functionality of this site.